Não há uma grande variedade de restaurantes, mas a maioria dos que visitei era muito bom. Contei com a ajuda de algumas dicas que encontrei em sites e resolvi fazer um resumão aqui da minha experiência gastronômica nesse lugar incrível!

Os pratos para 2 pessoas não são muito comuns, mas os individuais geralmente são bem servidos. Dependendo do dia – e da fome – pedia uma entrada e um prato principal pra dividir.

Eles possuem uma iguaria da região chamada fruta de pan. Você vai se deparar com ela em vários lugares. Prove! É uma delícia. Parece uma batata doce, mas muito muito muito mais gostosa! Também tem o patacón, uma espécie de bolinho de banana amassado e o arroz de coco. Prove todos!

fruta-de-pan

Em relação às bebidas populares não deixe de experimentar a limonada de coco (o sabor varia muito de um lugar para o outro) e o coco loco (mistura 3 tipos de bebida alcoólica).

limonada-de-coco
Coco loco

De tudo que provei, alguns vão ficar para sempre na memória gustativa. Os destaques vão para:

  • Limonada de coco do Beer Station (7.500 pesos colombianos). Uma das mais baratas e a mais saborosa da ilha!
beer-station-1
  • Piña colada do Aqua Beach Club (15.000 pesos colombianos não alcoólica ou 20.000 com álcool). A melhor da vida!
pina-colada
  • Ceviche “Peruwok” do Peru Wok (29.900 pesos colombianos). Definitivamente o melhor ceviche que já provei!
peru-ceviche
  • Filé de pescada com molho pesto do Aqua Beach Club (32.500 pesos colombianos). Esse arroz moreninho é o famoso arroz de coco.
file-ao-pesto
  • Carpaccio de Pulpo Morgan’s Head (29.900 pesos colombianos) e Camarones San Luis (25.100 pesos colombianos) ambos do La Regatta. Sério, passaria a noite comendo essas entradinhas!
Carpaccio de Pulpo Morgan's Head
Camarones San Luís
  • Lagosta do Elda, restaurante em Hayness Cay – passeio do Acuário. Custa 120.000 pesos colombianos e serve bem até 3 pessoas. Estávamos em um grupo grande e todos provaram e aprovaram!
Lagosta Elda
  • Filé de pescada do Miss Célia (32.000 pesos colombianos). Esses bolinhos amassados são os patacones que mencionei lá em cima.
Filé de pescada
  • Brownie do Café Café. A melhor sobremesa da viagem!
cafe-cafe-2

No post “Os melhores restaurantes de San Andrés” faço uma avaliação completa dos meus restaurantes favoritos da ilha, com fotos e pratos! Está deliciosamente imperdível ♥

Logo abaixo comento sobre outros restaurantes que visitei:

Juan Valdez

É tido como o melhor café do mundo. É uma boa opção para café da manhã, um café (o granizado é sensacional) ou um lanchinho.

Os colombianos não são acostumados a tomar café da manhã como os brasileiros, então foi uma das únicas opções que tivemos para essa refeição.

A loja abre às 8h (mas não são muito pontuais) e os salgados do dia não chegam nesse horário, então você acaba pagando o mesmo valor para comer algo do dia anterior.

O preço é padrão, o atendimento nem tanto. Nem sempre as atendentes estavam de bom humor.

A média de valor com 3 salgados e 2 cafés era de 25.000 pesos colombianos (R$ 35,00).

Juan Valdez

Pollos Kikiriki

Estávamos andando perdidos pelas ruas do centrinho de San Andrés quando sentimos um cheiro maravilhoso e nos deparamos com o restaurante. Não pensamos duas vezes, entramos e fizemos o pedido.

Pedimos um combo que vinha 4 peças de frango (peito, coxa, asa e sobrecoxa) acompanhado de batata frita e um refrigerante. Ficou em 20.500 pesos colombianos. Estava um pouco gorduroso, mas muito saboroso. O peito de frango era bem grande e a maionese deles é muito gostosa!

O pedido demorou uns 15 minutos, mas foi bom por conta das mesas que estavam cheias e acabaram vagando.

Kikiriki

Margherita Y Carbonara

É uma boa opção para quem estiver procurando massas e risotos. O prato para 2 pessoas é muito bem servido.

A localização é ótima, mas o lugar não é dos mais atrativos. O atendimento é bem lento e a cerveja é quente (como em praticamente todos os lugares de San Andrés).

Pedimos um ceviche de camarão (28.000 pesos). Era gostoso, mas literalmente camarão com molho vermelho e alface americana. Nada a ver com o tradicional ceviche peruano.

Pedimos um arroz alla mare (60.000 pesos) para 2 pessoas, tipo um risoto de frutos de mar. Muito bom! Mas para quem já tinha pedido uma entrada foi muita comida!

O preço é razoável. Um almoço para 2 pessoas com entrada saiu por 124.000 pesos (R$ 160,00).

Merguerita 1
Marguerita 2

El Paraíso

Fica na praia de Sound Bay. Oferece pratos típicos da região. São simples e com o mesmo custo dos restaurantes do Centrinho, mas a vista é de tirar o fôlego!

Poder almoçar olhando para aquele azul indescritível é maravilhoso, mas o mar é bem agitado, diferente da maioria das praias da ilha.

El Paraíso 1

É um ponto gostoso para se passar uma parte do dia, mas o atendimento do restaurante deixa a desejar por conta do grande fluxo de pessoas. Os atendentes não dão conta!

A limonada de coco deles é sensacional! Pedimos meia jarra e era imensa (17.000 pesos). Demoraram cerca de 20 minutos para entregar, depois que fiz duas reclamações. Pelo menos depois disso trouxeram os pratos rapidinho.

Pedimos um filé de pescada empanado e outro grelhado, que estava mais gorduroso que o empanado.

Os pratos são simples, acompanham patacones (banana), fruta de pan (típica da região e deliciosa) e uma salada. O almoço para 2 pessoas saiu 80.000 pesos (em média R$ 100,00). Achamos ruim o custo benefício pela quantidade e qualidade da comida.

El Paraíso 2
El Paraíso 3

Punta Sur

Visite o lugar quando estiver dando a volta na ilha, fica próximo do Hoyo Soplador. A vista é linda, a proposta do restaurante é muito legal, tem até uma piscina com vista pro mar para os clientes usarem enquanto esperam o pedido, mas acabamos desistindo do almoço por conta do atendimento.

Tivemos boas recomendações, mas o atendimento é realmente bem sofrido!

Só tinha duas garçonetes para atender todo o restaurante. Tinham que tirar o pedido, pegar o pedido na cozinha, servir, limpar e ainda explicar e conferir toda a conta com uma mulher que parecia a dona do restaurante que estava no caixa. Ela estava fazendo uma baita confusão!

Tentamos fazer o pedido, mas a garçonete foi chamada enquanto anotava, pediu para outra ir e ela não apareceu. Ainda assim insisti, fui no caixa e pedi para voltarem para terminar o pedido. Demorou mais 15 minutos e desistimos de comer por lá.

Vimos que os pescados custam em torno de 30.000 pesos e vem com 2 acompanhamentos. Pedimos duas cervejas Club Colômbia, uma coca e uma porção de batata frita. Ficou em 26.500 pesos.

Punta sur 1
Punta sur 2

Também fomos em um italiano bem famoso chamado Mr. Panino. A decoração é uma graça, bem típica, mas a experiência como um todo deixou um pouco a desejar.

Pedimos uma massa com camarões e lagosta e, diferente de todos os outros restaurantes da ilha, eles não estavam bem limpos – dava pra sentir aquela areia. Também não estava muito saboroso e pelo preço – 55.000 pesos colombianos para 2 pessoas – achamos que não valeu muito a pena. A vantagem foi que pedimos para dividir e nos trouxeram as porções em pratos separados.

Já uma amiga que foi passar o Ano Novo lá foi no mesmo restaurante e provou o “carbonara” deles. Disse que estava sensacional – dá pra voltar e experimentar pra tirar a impressão ruim?

Mr. Panino

Ela também recomendou muito uma pizzaria chamada La Pizzeta Florio, principalmente para as refeições fora de hora. Babei com a descrição das pizzas e fiquei impressionada como o lugar passou desapercebido 🙁

Lembrete: assim como no Brasil, os 10% do serviço geralmente vêm inclusos na conta.